Gestão de Obras: programa acelera a execução

Municípios podem utilizar esta facilidade para o planejamento e execução de obras. 

O atraso na execução de obras, além de transtornos, também costuma gerar prejuízos. Foi com a proposta de minimizar este tipo de problemas que o CIGA desenvolveu o Programa de Gestão de Obras (PGO), um sistema que pode ser implantado pelos municípios para o desenvolvimento e administração de projetos de arquitetura e engenharia. O Programa é uma alternativa acessível e eficaz para a gestão de obras com agilidade e menos recursos.

Com o Programa de Gestão de Obras é possível executar diversas obras simultaneamente, controlando facilmente e com precisão todos os cronogramas de execução e prestação de contas de cada uma delas. Os municípios que utilizam o sistema conseguem administrar facilmente os convênios federais, contratos de empreitadas, termos aditivos e andamento das obras, tudo isso seguindo os padrões determinados pela Caixa Econômica Federal.

O Programa de Gestão de Obras é vinculado à tabela SINAPI (SC) de construção civil, é atualizado mensalmente, por isso gera os documentos automaticamente nos padrões, desde orçamentos, cronogramas, orçamentos pré e pós-licitação, cronogramas reprogramados, boletins de medição, resumos das medições e ofícios. Algumas destas atividades são executadas em menos de 10% do tempo convencional. Resumindo, as obras são executadas mais rapidamente, com menos recursos e mais qualidade.

Os municípios que desejam contratar o Programa de Gestão de Obras devem se consorciar ao CIGA, também é possível consultar os valores das mensalidades e anuidades aqui. Indique o programa aos gestores do seu município, com a agilidade e economia na gestão de obras, todos os cidadãos ganham.

 

Foto: Divulgação/Shutterstock