Como implantar a tecnologia na gestão pública sem comprometer o orçamento

Os gestores públicos estão cada vez mais percebendo que a tecnologia é uma forte aliada para vencer os desafios do setor. Uma reportagem do Estadão afirma que os investimentos feitos pelo governo em software tiveram um crescimento de 22,6% em relação a 2014. No entanto, muitos gestores ainda pensam que é preciso altos investimentos para implantar a tecnologia, principalmente na administração municipal.

As soluções desenvolvidas pelo CIGA são um exemplo de sistemas de baixo custo, mas com um alto valor agregado, uma vez que podem até contribuir para o aumento da arrecadação municipal. Inclusive, em sua última Assembleia Geral a diretoria do CIGA aprovou que os valores pagos pelos municípios em 2018 sejam os mesmos deste ano. Além disso, os consorciados terão acesso gratuito ao Sinfat Municipal.

“Sabemos que os municípios estão enfrentando momentos de dificuldade e incertezas e como o CIGA foi criado com o propósito de suprir as necessidades de tecnologia dos seus consorciados, optamos por não reajustar os valores neste momento”, afirmou o presidente do CIGA e prefeito de Lebon Régis, Douglas Mello. Segundo ele, as receitas do consórcio virão por meio do constante aprimoramento dos serviços e do fechamento de novos contratos e novos consorciados.

tecnologia na gestão pública

Assembleia Geral do CIGA

O CIGA realizou sua 16ª Assembleia Geral no dia 1º de setembro, em paralelo ao evento Diálogo Municipalista de Santa Catarina. A reunião ocorreu no município de São José na pauta da Assembleia estava a aprovação do orçamento do consórcio para 2018. Como já citamos anteriormente o destaque da reunião foi a manutenção dos custos dos serviços oferecidos pelo CIGA em 2018.

Por ser um consórcio público o CIGA está sempre atento às solicitações e demandas dos municípios. Com a evolução da tecnologia e a internet cada vez mais presente no dia a dia da população, a implantação de softwares no serviço público se tornou cada vez mais necessária. Além de simplificar os processos internos, as soluções tecnológicas também contribuem para a transparência e para aproximar os cidadãos da gestão pública municipal.  

 

Foto: Divulgação